Postagens populares

Intensamente...

domingo, 20 de janeiro de 2013


Cada pessoa vive à sua maneira. Conheço gente que consegue se adaptar a diferentes rotinas sem nenhuma dificuldade, também conheço pessoas extremamentes metódicas que passam a vida fazendo tudo igual todos os dias. Tem aqueles que vivem como se nada no mundo tivesse prazo a ser cumprido e ainda os que tem tanto medo do deadline que estão sempre com as coisas adiantadas. Mas aí eu fiquei pensando: E eu? Como eu vivo?  E descobri que eu vivo INTENSAMENTE!!!

A princípio, parece incrível mas na verdade não é! Intensamente, eu descobri, é apenas um sinônimo bonito e ilusório de 'Acomodado'. Observe: Tem dias que tenho muita coisa para fazer, e se esses dias tivessem 36 horas não seria suficiente, porque quanto mais coisas tenho para fazer, mais coisas quero fazer. São dias que acordo achando que sou a Mulher Maravilha e vou dormir tendo a certeza que nem a Escrava Isaura eu consigo ser com excelência.

Em contrapartida a tudo isso, tenho aqueles dias em que não tenho nada, absolutamente nada para fazer, e são esses dias em que me sinto mais cansada. Acordo às 11 horas, ainda com sono, levanto, escovo os dentes, prendo o cabelo de qualquer jeito, tomo café com leite e nem como nada porque mastigar cansa. Depois, me deito novamente e assisto televisão até alguém trazer algo para eu comer. Nesses dias até fazer xixi é um esforço horrivel. E foi ai que percebi como sou intensa.

Porque na minha vida, só existem dois tipos de dia: O dia que tenho que fazer tudo e O dia que não tenho que fazer nada. E então saiba, minha cara leitora, que viver intensamente na verdade é ser acomodada e aceitar que, ou você tem que ser a dona do mundo ou o bicho preguiça do dia.
 Espero que vocês não escolham viver intesamente, porque tem mil outras melhores maneiras de se viver...Que tal, se tentarmos por um dia viver livremente?
Julyana Stephany
@itjuus




1 Comentário

  1. Texto lindo!
    E vamos sim, vamos viver livremente e sem arrependimentos.
    Pq o mundo não espera por ninguém que está 'em duvida', tem que se jogar de braços abertos e acolher as conseqüências, sejam boas ou ruins.

    ResponderExcluir

 
Desenvolvido por Michelly Melo.